FESTIVAL DE INVERNO DE OURO PRETO E MARIANA 2018

WINTER FESTIVAL OF OURO PRETO AND MARIANA 2018
Neste ano, o Festival de Inverno apresentou uma homenagem ao Tropicalismo, movimento de inovação estética e musical que sacudiu o ambiente da cultura popular brasileira, entre 1967 e 1968. Seus participantes formaram um grande coletivo, com destaque para os cantores-compositores Caetano Veloso e Gilberto Gil, além das participações da cantora Gal Costa, do cantor-compositor Tom Zé e da banda Mutantes. A cantora Nara Leão e os letristas José Carlos Capinan e Torquato Neto completaram o grupo, que teve também o artista gráfico, compositor e poeta Rogério Duarte como um de seus principais mentores intelectuais.

This year, the Winter Festival presented a homage to Tropicalismo, a movement of aesthetic and musical innovation that shook the atmosphere of Brazilian popular culture between 1967 and 1968. Its participants formed a great collective, with singers-composers Caetano Veloso and Gilberto Gil, besides the participation of singer Gal Costa, singer-songwriter Tom Zé and the band Mutantes. The singer Nara Leão and the lyricists José Carlos Capinan and Torquato Neto completed the group, which also had graphic artist, composer and poet Rogério Duarte as one of his main intellectual mentors.
O festival foi realizado de 6 a 22 de julho. Ao todo, foram duas semanas de eventos, shows e oficinas nas cidades de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade. Desenvolvido desde 2004 pela UFOP, o festival possui a proposta extensionista de fomentar o diálogo entre a sociedade e o universo artístico-cultural. Ao longo dos seus anos de história, configura-se como um dos mais importantes eventos do calendário cultural brasileiro, contribuindo, assim, com o desenvolvimento local, seja pelo caráter democrático de suas atividades, seja pela inclusão de comunidades periféricas no processo.
The festival was held from 6 to 22 July. In all, there were two weeks of events, shows and workshops in the cities of Ouro Preto, Mariana and João Monlevade. Developed since 2004 by UFOP, the festival has the extensionist proposal to foster dialogue between society and the artistic-cultural universe. Throughout its history, it has become one of the most important events in the Brazilian cultural calendar, thus contributing to local development, whether due to the democratic nature of its activities or the inclusion of peripheral communities in the process.
Mais Festival de Ouro Preto 2018

Gente no Festival
People at the Festival

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CANECÃO - MOMENTOS MARCANTES NA VIDA DOS MEDINENSES !